Pillars of Eternity II: Deadfire


Plataformas: Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One, PS4, PC, Microsoft Windows

Saiba tudo sobre o jogo Pillars of Eternity II: Deadfire: Assista ao trailer Oficial do game, Gameplay, Enredo e História do jogo.


Data de lançamento inicial: 8 de maio de 2018

Roteiristas: Carrie Patel; Josh Sawyer

Gênero: RPG eletrônico

Motor: Unity

CONSOLES: Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One, Microsoft Windows, Linux, Mac OS Classic

Desenvolvedores: Obsidian Entertainment, Red Cerberus


SOBRE O GAME

Persiga um deus rebelde por terra e mar na sequência do premiado RPG Pillars of Eternity. Comande seu navio em um perigoa viagem de descoberta por todo o vasto e inexplorado Arquipélago de Deadfire. Faça o mundo se dobrar à sua vontade enquanto explora infinitas possibilidades, incluindo uma personalização detalhada de personagens, a liberdade total de exploração e as escolhas mais específicas a cada esquina.


• Mergulhe em uma experiência profunda de single player de RPG, enriquecida com tecnologia e recursos de ponta. Deadfire se constrói sobre o alicerce da jogabilidade clássica de D&D, mas com gráficos muito melhorados, mecânicas de jogo mais profundas e uma aventura totalmente nova feita à mão, em que as escolhas realmente importam.


• Descubra uma nova região de Deadfire: trace uma rota do seu navio e explore como ricas e exóticas ilhas do arquipélago, descobrindo novos locais, interagindo com seus habitantes e realizando uma variedade de missões em todos os portos.


• Construa sua equipe e personalize seus companheiros: escolha entre sete companheiros diferentes para se juntar a você em sua busca e atribuição de várias classes e habilidades para cada um. Veja como seus encaminhamentos e interações pessoais se desenrolam com a adição do novo sistema de companheiro.


• Comande seu navio pelos mares: sendo sua fortaleza nos mares, seu navio é muito mais do que um simples veículo de exploração. Melhore seu navio e sua tripulação e escolha que habilidades precisam ser melhoradas para sobreviver aos encontros perigosos pelo caminho.


GOSTARAM DO GAME 89%


TRAILER

ENREDO

Deadfire é uma sequência direta de Pilares da Eternidade, ocorrendo no mundo de Eora. Tal como no primeiro jogo, o jogador assume o papel de um “Vigilante”, uma personagem com a capacidade de olhar para a alma das outras pessoas e ler as suas memórias, bem como as das suas vidas passadas.


A história começa cinco anos após os eventos do primeiro jogo. Eothas, o deus da luz e do renascimento que se acreditava morto, desperta sob a fortaleza do jogador Caed Nua desde o primeiro jogo. O despertar de Eothas é extremamente violento e ele destrói Caed Nua, enquanto drena as almas das pessoas na área circundante. O próprio Observador também tem um pedaço de sua alma arrancado durante o ataque, mas mal consegue se agarrar à vida. Nesse estado de quase morte, eles são contatados por Berath, o deus da morte, que se oferece para restaurar sua alma se eles em troca concordarem em se tornar o arauto de Berath e assumir a tarefa de perseguir Eothas e descobrir o que ele está planejando. A caça a Eothas leva o Vigilante por navio ao Arquipélago Deadfire, onde eles devem tentar buscar respostas - respostas que podem lançar mortais e os próprios deuses no caos. As ações e decisões do jogador no primeiro jogo influenciam certos elementos do enredo do Deadfire.


Ao longo da história, o Watcher encontra quatro facções diferentes, todas competindo pelo controle da área de Deadfire: a imperialista Royal Deadfire Company, agindo em nome do expansionista império Rauatai; a Vailian Trading Company, mais lucrativa e mercantil, agindo em nome das Repúblicas de Vailian; a tradicionalista Huana, uma aliança tribal de nativos que busca defender a independência de seu povo; e o Príncipi sen Patrena, uma federação de piratas que busca estabelecer uma república própria. O Vigia pode ajudar ou impedir essas facções ao longo do caminho. Através de sua busca por Eothas, o Vigilante finalmente descobre as verdadeiras intenções do deus: ele visa quebrar a Roda, o ciclo de reencarnação que governa as almas de Eora e por extensão alimenta os deuses com a energia de que precisam para se sustentar, esperando que em fazendo isso, ele pode quebrar o controle dos outros deuses sobre todos os seres mortais, permitindo que eles sejam livres para perseguir seus próprios destinos. Para tanto, ele busca a mítica cidade perdida de Ukaizo, onde fica o mecanismo de controle da Roda. Embora os outros deuses intervenham várias vezes na tentativa de parar Eothas, ele não se intimida e continua em direção ao seu objetivo.


Ao jurar fidelidade a uma das facções e obter sua ajuda ou agindo de forma independente, o Vigilante e seu navio enfrentam o mar tempestuoso do Morteiro de Ondra, que protege a cidade de Ukaizo, assim como Eothas faz sua abordagem final em direção à Roda, e o confronta lá. Eothas, embora simpático ao Vigilante, recusa-se a desistir de seu esforço, explicando ao Vigilante que destruir a Roda provavelmente o mataria e ao resto dos deuses para sempre, mas que sua morte também lhe dará o poder de cumprir uma grande mudança em toda a Eora. Antes de destruir a Roda, ele devolve o pedaço da alma do Vigilante que ele tirou deles, libertando-os de sua dívida com Berath, e pede seu conselho sobre como essa mudança deve ser. Segue-se um epílogo, detalhando os efeitos que as escolhas do Observador tiveram sobre seus companheiros, as diferentes facções, o Deadfire e o mundo em geral. No final, o Vigilante resolve voltar para casa em Dyrwood, incerto sobre o que o futuro reserva para os deuses e mortais.


CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA : 16 ANOS

JOGABILIDADE

Pillars of Eternity II: Deadfire é um videogame RPG jogado de uma perspectiva isométrica. Tanto o retorno quanto os novos companheiros estão disponíveis, dependendo das escolhas feitas pelo jogador, que desempenham um papel opcional na história do jogo. Deadfire concentra-se na navegação marítima e na exploração de ilhas por meio de um navio. Tripulações também podem ser contratadas para cuidar deles e auxiliar no combate aos navios. A jogabilidade baseada em classe retorna, com cada classe tendo pelo menos quatro subclasses opcionais com habilidades únicas. Um novo recurso do Deadfire em comparação com o original são as subclasses.

IDIOMAS

Interf / Dub / Leg

Português

Inglês ✔ ✔

Espanhol ✔ ✔



GAMEPLAY

GÊNERO

  • RPG

  • RPG com Grupo de Personagens

  • Isométrico

  • Rico em História

  • Fantasia

  • Um jogador

  • Personalização de Personagens

  • CRPG

  • Mundo Aberto

  • Escolhas Importam

  • Tempo Real com Pausa

  • Em Turnos

  • Aventura

  • piratas

  • Nudez

  • Exploração

  • Trilha Sonora Boa

  • Atmosferico

  • Romance

  • Protagonista Feminina

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Copyright © 2018 Expressão Sites, Todos os Direitos Reservados.